fatal hamartia
Estamos em 438, datado pós a estadia da luz
/////////////

─ ENCICLOPÉDIA, os venenos e as curas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

─ ENCICLOPÉDIA, os venenos e as curas

Mensagem por Calypso em Sab Jul 23, 2016 12:39 pm

Ervas

O capítulo dois. Responsável por determinar alguns dos vários venenos utilizados, curas para certos enfermos, entre outros. Sabe-se que boa parte desses capítulos se perderam com o tempo, guardando somente o conhecimento comum de tais.





Acônito Uma planta venenosa, pertencente à família Ranunculaceae muito utilizada em fármacos homeopáticos. Acônito é também conhecido como mata-lobos pois em lendas de lobisomens, tendo o efeito de os enfraquecer, no entanto, sua real função envolve constante coceiras, podendo ser utilizada em contato com a própria pele ou mesmo com o sistema digestivo ─ local onde os efeitos se tornam mais graves.

Ambrósia Conhecida como "o manjar dos deuses", este seria o único alimento dos deuses, servido e muitas vezes preparado pela própria Juventude, o alimento teria poder de cura, e se um mortal comum o comesse morreria; semideuses no entanto por terem ligação divina, são capazes de ingerir pequenas quantidades.

i. Beladona, também conhecida como erva-do-diabo, utilizada como chá com objetivos alucinógenos. Contém os alcaloides escopolamina e hioscina, que atuam nos receptores da acetilcolina, substâncias que juntas podem afetar o sistema nervoso de modo ágil, podendo ocasionar coma.

ii. Copo-de-leite, por vezes utilizadas até mesmo como símbolo forte entre a mitologia, se ingerida, pode provocar asfixia e em quanto ao contato com os olhos, dependendo de tal, lesão na córneas.

iii. Leite de papoula, a "cura", é como muitos chama. Com efeitos que auxiliam nos processos responsáveis pela cura, utilizada em grande quantidade, tem efeitos anestésicos, servindo muitas vezes para aliviar a dor de determinadas lesões.

iv. Sálvia, utilizada muita vezes em ritos, principalmente os relacionados a magia. Pode ser usada também como antioxidante, anti inflamatória, como calmante ou mesmo estimulante, indo sempre de acordo com a quantidade de uso.

v. Verbena, esta erva, por exemplo, é o nome genérico de muitos arbustos e ervas. Lembra o uso de uma das espécies, a V. officinalis, a verbena propriamente dita era utilizada em festas da Roma antiga, servindo principalmente para afastar maus espíritos.

vi. Sonodoce, basicamente um calmante. Ou talvez, como muitos chamam, o "tocar da adormecida". O líquido que uma vez tomado em seu estado natural de temperatura pode se equiparar com o efeito anestésico do leite de papola, exercendo, por sua vez, além da habilidade de livrar determinada dor, o efeito de sonífero. Tomado na dose correta, no entanto, já fervido, como é servido no Templo, esse serve como um ato de suicídio. Isso porque a eutanásia é permitida.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum